Total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Minha revolta

Ex-palhaço de circo que namorava a Clementina, músicos de qualidade duvidosa, estilista maluco que gosta de furtar objetos de cemitérios, jogador de futebol aposentado longe dos holofotes da mídia, mulher de corpo fabricado e cérebro limitado, esposo de cantora "maravilhosa", diretor de programa de televisão do próprio pai, ex-puglista que mal sabe falar o português, clone do falecido médico Enéas, ex-aluna do mesmo médico, filho de radialista.

Essa é a "qualidade", melhor dizendo, falta de qualidade de quem quer nos representar. Isso é revoltante. É um absurdo: gente que nunca moveu uma palha em favor do próximo, gente que nunca trabalhou nem em seus próprios condomínios e bairros, querem representar um estado em Brasília. Será que algum político sério nesse país não se revolta com essa situação.

Basta ser brasileiro, maior de idade, ter residência no país agora sai candidato a deputado federal... as pessoas não querem começar por baixo, aprender em instâncias menores, aprender com quem tem mais experiência. Se um deputado estadual ganhasse 5 salários mínimos eles se canditariam?

Definitivamente não confio, não gosto e nem quero saber da maioria dos políticos brasileiros. Vocês são patéticos, muitos são enganadores, mentirosos, roubadores de dinheiro, incompetentes, falsos, corruptos e estúpidos.

Pronto. Falei!!!

Um comentário:

Léo disse...

Faço minhas palavras as suas! Um abraço.