Total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O judeu e o cristão


Trabalho em dois colégios judaicos. Num deles ganhei um amigo muito legal. Seu nome é Samuel* e ele é professor de Torá e do Tanach. Para quem não sabe, o Tanach são os livros do nosso Velho Testamento depois de Deuterônomio, de Josué a Malaquias.

Samuel* é ortodoxo. Ele é literalista. Acredita que o relato do Gênesis é de dias de 24 horas. Mau comparando, o ortodoxo judeu se assemelha aos reformados (tradicionais) no meio evangélico. E como cientista que sou, conversamos muito sobre a relação Ciência e Fé. Vem ou outra, temos excelentes conversas sobre a Bíblia, sobre Ciência, sobre D'us** e os homens. Eis um trecho das nossas conversas:

Samuel: Marcos, você daria um bom judeu.
Eu: Por quê?
Samuel: Porque você é um estudioso da Bíblia e sabe conversar muito bem com as pessoas.
Eu: Eu? Acho que não, Samuel.
Samuel: Por que não?
Eu: Porque eu acredito que o Messias é Jesus Cristo e Ele já veio.
Samuel: rsrsrsrsrsrsrsr

Fim de papo!!!

*Nome fictício.... apenas para preservar a identidade do meu amigo!
** Homenagem ao meu amigo. Os judeus não escrevem o nome de D'us com todas as letras em sinal de revereância e respeito.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Entendendo a nossa vontade

Querido leitor, gostaria que você me ajudasse a pensar nas respostas para a pergunta abaixo. Estou pensando nisso há algum tempo e acho que o nosso diálogo pode ser muito proveitoso.

Por que queremos pecar? À semelhança de Paulo, por que o bem que queremos não fazemos, e o mal que não queremos, fazemos?

Que Deus nos ilumine com Sua Palavra!!!!

Marcos