Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Na corda bamba


“Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia.” (1 Coríntios 10:12)

Essa é uma bela advertência, simples, direta e sem rodeios. “Olha, cuidado. Se você acha que está de pé, tome cuidado para não cair”. Muito do nosso fracasso é porque não tomamos cuidado.

Ontem tive algumas reuniões com pais dos meus alunos. Alguns alunos que passaram “aprovados pelo Conselho”, outros alunos foram reprovados. Casos pontuados com as famílias ao longo do ano, contudo, algumas dessas famílias ignoraram nossos avisos. “Cuidado, se seu filho não melhorar vai ser difícil dele passar de ano.” Ah, quantas vezes falei isso durante o ano. E, sempre que dava, tentava um jeito de falar isso para os próprios alunos, direta ou indiretamente.

Ontem foi um dia muito difícil. Falar com os pais dos alunos reprovados é sempre desgastante. Há um clima de tristeza, de frustração e incapacidade no ar. Lembrei muito de quando eu repeti a 7ª série... lembrei-me da tristeza que pairou em casa com meu pai e minha mãe.

Mas a advertência serve para qualquer área da nossa vida. Agora que estamos chegando no período de balanço do ano... Vamos usr esse momento para refletirmos se estamos “perdendo o equilíbrio” da nossa vida.

Até mais, Marcos.

Um comentário:

Pr. Menga disse...

Ahh. Marcão, quando li o título e o versículo, logo pensei, "ele vai falar dos "pastores e lideres" que estão por ai, fabricando escândalos". Mas você foi falar dos seus alunos... (suas ovelhas).

Terminei a leitura e pensei, "puxa, não vou poder escrever o que tinha pensado, quando li o começo". Frustrei-me.

......
.......
........ Ahh. Eu vou falar assim mesmo!

Você não faz idéia o que é participar de uma reunião de Conselho de Pastores, onde o que mais se vê é: "o quanto eles oram; como são santos; quando falem sobre membros que deixa suas igrejas, como são tachados de rebeldes; e o pastor (colega) de igrejas que não fazem parte do conselho, são tachados até de heréticos."

Como eu enjoei disso tudo. Dessa postura de santarão de muita gente. De legalistas e hipócritas. Pregam nos púlpitos as suas convicções e jogam a Palavra de Deus de lado.

Sem falar nos de "Ministérios itineirantes", que se auto denominam profetas, cheios de revelações, mas estão atrás de dinheiro e fama.

Seu texto é próprio para os dias de hoje. Eu tenho que olhar para mim mesmo, já há motivo suficiênte para ficar enojado.

Deus bendito, tenha misericórdia de mim. Tenha misericórdia de nós.