Total de visualizações de página

sábado, 2 de maio de 2009

Quando se está só - Parte 2

O Sergio Pimenta foi um homem brilhante. Infelizmente não o conheci pessoalmente, mas conheço sua poesia, sua música e sua personalidade através das pessoas que o conheceram e que foram impactadas por ele. A letra dessa música ele escreveu num dos momentos mais difíceis da curta vida que ele teve. Aprouve a Deus chamá-lo quando ainda ele era muito ativo na Sua igreja. Mas o legado que o Sergio Pimenta deixou, fica nos corações do que o conheceram e nos coração daqueles que admiram a sua obra.

Quando se está só, o silêncio é mais profundo,
As noites são mais longas, o frio mais intenso;
E até a própria sombra parece estar mais junta,
Como se soubesse quando se está só.

Quando se está só, um grito é desespero,
Sussurro é loucura, o estalo mete medo;
E a mão forte aparece e está sempre nos sonhos,
Eternos pesadelos quando se está só.

Quando se está só, se está porque deseja,
Pois Ele com certeza não foge de ninguém;
Deus está sempre perto, amigo, abraço aberto,
Convida a ir com ele pra não mais estar só.
Pra não mais estar só.

Nenhum comentário: